Transformação digital no agronegócio: qual sua importância para o campo?

Imagem de destaque para artigo sobre transformação digital no agronegócio publicado no Blog AgriQ (Créditos: Shutterstock)
Saiba qual é a importância da transformação digital no agronegócio e conheça as principais tendências e o impacto deste movimento no campo

A transformação digital no agronegócio pode ser definida como o ato de digitalizar os processos, gestão e atividades do campo por meio da inclusão de soluções tecnológicas.

Neste artigo, vamos explicar a importância da transformação no agronegócio e de que forma ela impacta as empresas rurais.

Ficou interessado?

Acompanhe a seguir!

O impacto da tecnologia no campo

A transformação digital consiste na mudança de mentalidade nas empresas, que passam a ser guiadas por inovações tecnológicas. No agronegócio, essa transformação pode ser notada por meio do uso da tecnologia no campo.

Assim, com a chegada da agricultura digital, as empresas rurais começaram a investir em soluções tecnológicas para gerenciar a lavoura, visando a melhoria da produção agrícola.

Nesse sentido, a agricultura digital passou a marcar presença no setor, por meio de tecnologias que otimizam as atividades rurais, seja por sensoriamento remoto, conectividade e outras ferramentas associadas à tecnologia da informação.

Sendo assim, entre as tecnologias mais comuns deste novo modelo de manejo, temos:

  • Sensoriamento remoto;
  • GPS nos maquinários agrícolas;
  • Sistemas Integrados de Gestão;
  • Sensores de identificação de pragas e problemas nutricionais;
  • Previsão climática;
  • Controle detalhado de insumos e custos;
  • Informações de satélites de grande precisão ou de drones.

Qual a importância da transformação digital no agronegócio?

A transformação digital no agronegócio permite que os produtores rurais tomem decisões mais assertivas, que geram melhores resultados na lavoura.

A partir do acesso aos dados, é possível prever estiagens, verificar as condições do terreno, ter controle adequado de pragas e, também, gerenciar a propriedade de forma eficiente.

Além disso, o uso da tecnologia na agricultura pode proporcionar a elevação da qualidade e eficiência na produção, bem como a redução do consumo de recursos naturais (como a água), energia e combustível.

Desse modo, de forma geral, a transformação digital no agronegócio permite um maior controle sobre o campo, com monitoramento das etapas de produção, processamento, estoque e distribuição.

No mais, ela pode beneficiar a empresa rural em diversos aspectos, como:

  • Maior produtividade: a partir do uso de recursos tecnológicos, é possível detectar os gargalos na produção e aumentar o número de plantas por hectare, elevando assim a produtividade da lavoura;
  • Redução de custos: algumas ferramentas contribuem para a redução do consumo de água, fertilizantes e pesticidas, o que consequentemente também diminui os gastos da empresa com insumos;
  • Diminuição dos impactos ambientais: com mais tecnologia, é possível reduzir o escoamento de produtos químicos para rios e lençóis freáticos. Dessa forma, é possível tornar o negócio rural mais sustentável;
  • Aumento da segurança: a probabilidade de falhas e erros são reduzidas, o que traz mais segurança para a execução de processos;
  • Aumento da eficiência: a utilização de soluções digitais contribui para a execução de um trabalho mais ágil e eficiente, promovendo assim uma melhora significativa nos resultados e lucratividade do negócio.
  • Maior assertividade: ao detectar a escassez de nutrientes no solo, é possível calcular a quantidade de nutrientes e fertilizantes que devem ser adicionados ao solo (a partir do uso de drones).

Quais são as principais tecnologias relacionadas à transformação digital no agronegócio?

A princípio, existem diversos tipos de tecnologias direcionadas para o agronegócio. Vamos apresentar as principais a seguir:

Software de gestão

O software de gestão disponibiliza informações precisas sobre a propriedade que, posteriormente, são analisadas para a tomada de decisões relacionadas ao plantio, estoque, controle financeiro e operacional, dentre outros.

Drones

Drone sobrevoando uma propriedade rural. (Créditos: Shutterstock)
A versatilidade dos drones os tornam cada vez mais presentes nas propriedades rurais (Créditos: Shutterstock)

Os drones também já estão sendo utilizados em diversas propriedades rurais. Por meio deles, é possível coletar dados da área rural em tempo real.

Portanto, a partir dessa tecnologia é possível acompanhar aspectos como:

  • Desenvolvimento saudável da lavoura;
  • Indícios de pragas;
  • Processos de irrigação;
  • Captação de imagens de georreferenciamento.

Sensores

Assim como os drones, os sensores podem ter múltiplas finalidades. Entre as possibilidades de uso, é possível encontrar aqueles que medem a temperatura do solo e os que disparam automaticamente os equipamentos utilizados para irrigação quando o solo está seco.

Ademais, há também os sensores de linha, que são utilizados para detectar diversos problemas durante o plantio. Isso porque são capazes de disponibilizar informações sobre a distribuição uniforme, duplicada ou com falhas de semeaduras, assim como a área plantada.

Mapeamento das colheitas

O mapeamento das colheitas pode ser feito a partir do uso de colheitadeiras equipadas com GPS (que marca a posição da máquina) e com sensores (que medem a quantidade de grãos colhidos em cada posição).

Na prática, ao utilizar essas tecnologias, o produtor consegue determinar exatamente a variabilidade espacial de produção dentro das suas propriedades.

Além disso, por saber com precisão o quanto cada área está gerando, ele também pode investigar os motivos de baixa produtividade de um local específico e realizar um manejo pontual.

Principais desafios da transformação digital no agronegócio

Em geral, os desafios para acompanhar a transformação digital no agronegócio se dividem em duas grandes frentes:

  • Aplicabilidade de novas tecnologias dentro do campo;
  • Resistência de investimento em tecnologias por parte dos gestores da empresa rural.

Em relação a aplicabilidade, uma das grandes dificuldades encontradas é a falta de qualificação dos trabalhadores para acompanhar e se adequar às novas tecnologias do campo. Para esse cenário, exige-se um perfil mais técnico e estatístico.

Nesse sentido, um ponto fundamental a ser considerado é a preparação dos colaboradores por meio de treinamento e capacitação.

Ademais, o produtor também precisa superar a resistência em investir em novas ferramentas tecnológicas, visto que para se manter competitivo e aumentar a sua produtividade e rentabilidade, ele deve estar atento e atualizado em relação às novas soluções que estão sendo lançadas do mercado.

No entanto, antes de escolher uma opção adequada para sua propriedade, o indicado é buscar ajuda profissional.

Banner CTA com redirecionamento para página de solicitação de demonstração da Assinei. Descrição da imagem: homem negro utiliza celular no campo. Fundo da imagem sem a foto na cor amarelo. Texto da imagem: Utilize a assinatura eletrônica e ganhe agilidade nas negociações. Solicite uma demonstração.

Tendências e perspectivas da transformação digital no agronegócio

O desenvolvimento de novas ferramentas tecnológicas para as necessidades do campo está em constante evolução.

Diante disso, a seguir, vamos citar as principais tendências e perspectivas da transformação digital no agronegócio:

Uso de modelos preditivos

Entre as tecnologias utilizadas nos modelos preditivos, temos:

  • Inteligência artificial;
  • Big Data;
  • Dispositivos sensoriais;
  • Robótica e automação.

Na agricultura, essas tecnologias são utilizadas na análise de dados. Dessa forma, é possível ter conhecimento prévio sobre o comportamento do clima, umidade, temperatura, fertilidade do solo, entre outras informações.

Isso permite que o produtor rural consiga reduzir a utilização de insumos, como defensivos agrícolas, o que leva à redução de custos de produção e à minimização de danos ao solo e ao meio ambiente.

Além disso, o uso dessas ferramentas contribui para o rápido desenvolvimento da lavoura. Por meio de previsões relativas às necessidades da plantação, é possível se organizar e se preparar para ocasiões que prejudicariam a produção, como o aparecimento de pragas.

Tomada de decisões inteligentes

A tomada de decisões faz parte do dia a dia do negócio rural. Nesse sentido, ter segurança para decidir sobre questões estratégicas da empresa é fundamental para obter resultados positivos em relação a produtividade e rentabilidade.

Nesse sentido, utilizar ferramentas que entreguem dados concretos e precisos a respeito do próprio negócio e do mercado é essencial para tomar as melhores decisões.

Portanto, é nesse intuito que os profissionais do setor rural estão investindo em softwares de gestão, drones, dispositivos posicionados no solo, telemetria, entre outras tecnologias.

Aumento da produtividade

Ao utilizar as soluções tecnológicas adequadas, é possível produzir mais em menos tempo. Um exemplo claro disso é o uso de dispositivos da chamada Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês). Esses equipamentos inteligentes, criados a partir de recursos digitais, otimizam a operação e geram resultados superiores.

Em geral, adaptar-se às novas tecnologias e tendências permite que as empresas do agronegócio alcancem maiores resultados e se fortaleçam no mercado.

De que forma a Assinei se relaciona com a transformação digital no Agronegócio?

O uso de contratos digitais e assinatura eletrônica está cada vez mais comum no agronegócio. Afinal, ambos oferecem mais agilidade, rapidez e praticidade nos processos.

Nesse sentido, a assinatura eletrônica tem um papel importante na rotina dos produtores rurais. Por meio dela, negociações podem ser feitas à distância, sem a necessidade de deslocamento.

Da mesma forma, os documentos eletrônicos facilitam o trabalho das empresas, pois reduzem os gastos com a impressão de papéis e com a estrutura física para arquivá-los.

Na prática, ambos possuem validade jurídica e se tornaram necessários para o dia a dia de empresas rurais, diminuindo a burocracia e tornando os processos mais ágeis e seguros.

A Assinei é uma plataforma especializada em tecnologia aplicada à gestão de documentos com soluções integradas para assinaturas eletrônicas e digitais.

Suas funcionalidades ajudam a tornar as rotinas de empresas do agronegócio mais práticas e eficientes. Confira:

  • Gestão do ciclo de vida dos contratos: gerencie os documentos da pré-contratação até o encerramento;
  • Organização dos documentos em cofres e pastas: criação de cofres e pastas, com definição de níveis de acesso, para organização dos documentos;
  • Fácil integração: preparada para integrações via API com diversos sistemas;
  • Workflow das assinaturas: permite a determinação do fluxo de assinaturas dos documentos, para escolher quem são os participantes e como devem assinar;
  • Criptografia de ponta: uso da criptografia HASH SHA 256 e tecnologias avançadas para garantir a segurança dos documentos e assinaturas realizadas na plataforma;
  • Armazenamento em nuvem: salve os documentos na nuvem e acesse de qualquer lugar;
  • Assinaturas digitais e eletrônicas: formalizadas conforme a MP nº 2.200-2/2001 e Lei nº 14.063/2020;
  • Modelos de contratos e templates: criação e utilização de modelos customizáveis de documentos e contratos;

Conclusão

Assim como nos demais setores, a transformação digital no agronegócio chegou para ficar. Ao utilizar a tecnologia para realizar as atividades do campo, as empresas rurais ganham mais eficiência, agilidade e maior competitividade.

Nesse sentido, uma plataforma como a Assinei pode ser uma grande aliada. A startup da Aliare é a primeira legaltech brasileira que oferece soluções para gestão do ciclo de vida de contratos e assinaturas eletrônicas voltadas ao agronegócio!

Banner CTA com redirecionamento para página de solicitação de demonstração da Assinei. Descrição da imagem: homem no campo olha para tablet.Texto da imagem: Gerencie seus documentos de forma prática, eficiente e segura. Solicite uma demonstração.

Gostou desse conteúdo? Então, aproveite e leia nosso artigo sobre transformação digital nas cooperativas.

Assinei | Assinaturas Digitais e Eletrônicas | Uma Solução Aliare