Assinei | Agricultura 4.0: como a tecnologia traz mais produtividade ao campo
Fale com o consultor

Agricultura 4.0: como a tecnologia traz mais produtividade ao campo

Por: Assinei em 26 / 01 / 2021

Você já ouviu falar em agricultura 4.0?

Talvez, com esse nome, o termo não lhe pareça familiar, mas o conceito é simples — estamos falando da agricultura digital!

A agricultura 4.0 surgiu com a promessa de revolucionar o agronegócio. Ao trazer a tecnologia para o campo, o objetivo é automatizar atividades e informatizar a gestão de tarefas, a fim de conquistar melhores resultados.  

Quer entender como a agricultura 4.0 está transformando a rotina do campo? Então acompanhe a leitura!   

O que é a agricultura 4.0 ou agricultura digital?   

agricultura 4.0 ou agricultura digital é um conjunto de tecnologias que, integradas, auxiliam o produtor nas atividades rurais. 

Geralmente, essas tecnologias são utilizadas em sistemas ou equipamentos que viabilizam a automação de atividades e contribuem para o desenvolvimento de ações estratégicas.

Entre as soluções da agricultura 4.0, podemos citar:  

  • Sensoriamento remoto; 
  • GPS nos maquinários agrícolas; 
  • Sistemas Integrados de Gestão;  
  • Sensores de identificação de pragas e problemas nutricionais; 
  • Previsão climática; 
  • Controle detalhado de insumos e custos; 
  • Informações de satélites de grande precisão ou de drones.  

Para que serve a agricultura 4.0?  

Na prática, a agricultura 4.0 serve para auxiliar o produtor nas suas decisões. Assim, ele consegue obter uma safra mais produtiva e, a longo prazo, manter seus recursos e os geri-los da forma mais consciente.  

Para alcançar isso, a agricultura 4.0 utiliza recursos tecnológicos que fornecem dados precisos sobre a lavoura. Essas informações direcionam o agricultor sobre qual é a ação mais adequada para o determinado estágio da cultura.

Dessa forma, o produtor trabalha de forma mais assertiva, reduz custos, otimiza processos e tem um aumento da produtividade da sua lavoura.

Quais são os benefícios da agricultura 4.0?  

Os benefícios da agricultura 4.0 são inúmeros! Confira os principais abaixo:

1. Redução de custos    

Com a agricultura digital, é possível ter uma produção mais ágil e lucrativa. Além disso, também há o aumento da eficiência nos processos, visto que há a utilização de novas tecnologias.  

Uma das aplicações dessas tecnologias é por meio de aplicativos e softwares com algoritmos. Por meio dessas ferramentas, é possível gerar dados que o produtor utiliza para aumentar o rendimento da sua lavoura.

Nesse contexto, os drones também são exemplos de tecnologias que ajudam a reduzir os custos na lavoura.

Apesar de demandarem um investimento financeiro inicial alto, os veículos são uma das melhores ferramentas para alcançar uma gestão mais eficiente.

Isto é possível porque, por meio de voos de mapeamento e monitoramento da produção, o produtor pode controlar sua safra com imagens de altíssima qualidade.

Assim, os drones conseguem identificar os pontos de deficiência e corrigi-los a tempo.   

2. Redução dos impactos no meio ambiente  

A agricultura 4.0 também veio como uma forma de aliar a sustentabilidade e o agronegócio.

Um dos exemplos de soluções que oferecem baixo impacto ao meio ambiente é a agricultura de precisão. Neste método, é possível otimizar a plantação e o uso de produtos na lavoura.

Como isso acontece? Simples: na agricultura de precisão, as máquinas são programadas para liberar apenas o insumo necessário.

Pense, por exemplo, se for necessário o uso de defensivo agrícola. Com um pulverizador, máquina que realiza a aplicação do agrotóxico, automatizado, apenas a quantidade recomendada para combater o alvo será liberada.

Assim, você aplica o defensivo apenas onde for preciso, de acordo com a prescrição do responsável técnico no receituário agronômico e sem desperdício de produto.

Dessa forma, com um uso mais assertivo dos insumos, você pode alcançar os mesmos ou, ainda, melhores resultados com menos produtos.

Consequentemente, você economiza na compra dos insumos, diminui o desperdício e, também, reduz o impacto que eles possuem no meio ambiente.

3. Gerenciamento das atividades à distância  

Agora é possível acompanhar o desempenho dos negócios à distância!

Com o uso de plataformas de gestão, os produtores podem verificar dados e gerir, remotamente, diversos processos. Alguns exemplos são o monitoramento de pragas e condições climáticas; controle de gastos financeiros; resultados das safras; e muito mais.

E quanto a gestão de contratos e documentos do dia a dia do seu negócio? Você consegue elaborá-los e assiná-los à distância, com toda a segurança e validade jurídica.

Isto também é possível com o uso de plataformas especializadas em contratos e assinaturas eletrônicas, como a Assinei.

Hoje, é possível elaborar diferentes tipos de documentos de modo digital, incluindo os mais comuns no setor do agronegócio, como duplicatas, pedidos de venda e contratos de barter.

Além da variedade de softwares disponíveis no mercado, geralmente, essas plataformas podem ser acessadas de diferentes dispositivos eletrônicos, como computador, tablet ou smartphone.

Isso proporciona uma vantagem a mais na gestão à distância, já que traz mais praticidade e agilidade ao dia a dia.

LEIA MAIS: Assinatura digital: conheça os benefícios para o produtor rural

Banner-Blog-Assinei-Assinatura-Eletrônica

Como implementar a agricultura 4.0?

Antes de tudo, é necessário buscar conhecer as inovações tecnológicas que estão disponíveis no mercado.  

Uma das melhores alternativas é visitar feiras de exposições, onde empresas apresentam as últimas novidades do setor. Assim, é possível conhecer diferentes opções e entender qual ferramenta atende melhor a sua necessidade.  

Outra opção, também disponível nas feiras de exposições, é buscar ajuda de especialistas e consultores, que também frequentam esses eventos. De acordo com a realidade e demandas da sua lavoura, eles poderão orientar qual é o melhor investimento para a sua propriedade.  

Além disso, as feiras de exposições são excelentes locais para trocar ideias com colegas do setor. Você pode conhecer a experiência de produtores que cultivam a mesma cultura ou que já utilizam as tecnologias que você pensa em implementar.

Conclusão

É inegável que a agricultura 4.0 está modernizando e otimizando o agronegócio. Por meio dela, novos modelos de negócios rurais estão surgindo e sendo aprimorados. 

Ademais, a agricultura digital também oferece vantagens como o aumento da eficiência, a execução de diversas tarefas e a redução do consumo de recursos naturais e insumos.

Na prática, esses são os principais motivos que atraem a atenção dos produtores rurais. Hoje, eles enxergam a agricultura 4.0 como uma oportunidade de gerenciar seus negócios com mais agilidade e segurança.  

Por isso, máquinas de primeira linha e soluções aliadas à tecnologia da informação atraem cada vez mais produtores. A demanda por essas ferramentas acompanha mais investimentos na área, que vêm da iniciativa privada e do próprio governo brasileiro.

Um exemplo claro disso é o programa Agro 4.0. Lançado em 2020 pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em parceria com os ministérios da Economia (ME) e da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), o edital veio com a proposta de dar apoio financeiro à projetos de implantação de tecnologias 4.0 no agronegócio,

Diante disso, vemos que com essas tecnologias cada vez mais acessíveis, a agricultura digital será um diferencial para os produtores rurais brasileiros conquistarem mais competitividade e rentabilidade na gestão de suas empresas. 

Gostou desse conteúdo? Aproveite e leia nosso artigo sobre as principais mudanças da MP do Agro.

Banner-Blog-Assinei-Assinatura-Eletrônica-Assinatura-Digital-Documentos